Caiu na farra do crédito? Reassuma o controle sobre as suas finanças!
Caiu na farra do crédito? Reassuma o controle sobre as suas finanças!

Saiba como recuperar o fôlego financeiro neste segundo semestre.

Todos querem desfrutar de uma aposentadoria confortável, com dinheiro suficiente para viajar à vontade, passear e frequentar bons restaurantes. Mas para começar a planejar o futuro, é preciso estar com a situação financeira atual sob controle. Nos últimos meses, muita gente se deixou levar pelo canto da sereia do crédito fácil e agora não sabe como sair das dívidas. Segundo estudo da consultoria Serasa Experian, a inadimplência do consumidor brasileiro cresceu 19,1% no primeiro semestre deste ano, contra o mesmo período do ano passado.

Antes de achar que o assunto é chato e pular para a próxima matéria, vale a pena fazer uma reflexão. Você sabe gerenciar as finanças da sua família? Já perdeu algum tempo este ano preparando uma planilha para lançar suas despesas fixas e gastos previstos para os próximos meses? Pois se não fez isso até agora, não precisa deixar para o ano que vem. O segundo semestre ainda está aí e um orçamento bem feito pode gerar resultados surpreendentes. Confira algumas dicas que selecionamos para você:

  • Faça um mapeamento das suas dívidas e um cronograma para pagamento, priorizando as que têm os juros mais altos e não as de maior valor.
  • Negocie sempre antes de quitar qualquer dívida. Avalie também a possibilidade de substituir uma dívida com juros altos por outra com juros mais baixos. O empréstimo consignado, por exemplo, costuma praticar taxas bem inferiores às do cartão de crédito e cheque especial.
  • Ignore o limite do seu cartão de crédito ou cheque especial. Considere apenas o seu próprio limite, ou seja, aquele que cabe no seu orçamento e não vai obrigá-lo a pagar juros. Para os menos disciplinados, recomenda-se nunca ter um cartão de crédito com limite superior a 50% do salário.
  • Não recorra ao crédito para financiar pequenas despesas de consumo. Especialistas em finanças pessoais costumam dizer que o único crédito que vale a pena é o que serve para formar patrimônio como, por exemplo, a compra da casa própria.
  • Diagnostique todos os ganhos e gastos mensais. Para isso, é importante preparar uma planilha com a classificação das despesas por tipo: moradia, alimentação, transporte, saúde, educação, comunicação e lazer. Salve a planilha no seu computador de uso pessoal e atualize-a sempre que necessário. Educadores financeiros defendem que em todos os nossos gastos hoje há, no mínimo, 20% de excesso.
  • Lance, antecipadamente, como despesas previstas, o pagamento de IPVA, seguro de automóvel, IPTU, matrícula e material escolar e parcelas de financiamentos e empréstimos. Se esses gastos não constarem na sua planilha, certamente ela vai “estourar”. O ideal é somar estas despesas, dividi-las por 12 e lançar o valor correspondente a cada mês.
  • Invista o dinheiro comprometido com pagamentos futuros (impostos e despesas anuais, etc). Além de ganhar com os juros da aplicação, você ainda poderá se beneficiar com descontos na hora de fazer o pagamento à vista. Para facilitar, recomenda-se o uso do recurso da aplicação automática, oferecido pelos bancos. Importante é ter em mente que o valor provisionado não está “sobrando”, disponível para novas despesas.

Para ampliar ainda mais seus conhecimentos em finanças pessoais, assista aos cursos gratuitos da FGV Online, patrocinados pela Icatu Seguros. São três módulos: “Como organizar o orçamento familiar”, “Como fazer investimentos” e “Como planejar a aposentadoria”. Para acessá-los, basta clicar no link http://www5.fgv.br/fgvonline/CursosGratuitos.aspx


 
Comentários

  Gostei infelizmente estou aprendendo isso tarde demais e confesso perdi muitas oportunidades.Ex: 6 carros na garagem 1 motorista, Eu. Seis Licenças,seis seguros,porque não 6 imóveis? Agora com 66 anos,vamos administrando a vida.Vou acompanhar seus cursos, e tentar passar informações para os mais jovens. Luiz Antonio Gomes.
Luiz Antonio Gomes
 

Deixe aqui seu comentário:
Nome*
Email (não será divulgado)*
Site/Blogger/Twitter
* Campos Obrigatórios
 
Quer se aposentar quando? Em 2020, 2030, 2040?
Quem contrata um plano de previdência Life Cycle (Ciclo de Vida) só precisa definir o ano em que pretende se aposentar.
Leia mais
Economista da Icatu Seguros fala sobre a importância de se investir em ações.
A economista-chefe da Icatu Seguros, Victoria Werneck, explica por que é interessante investir em ações em meio ao atual cenário econômico-financeiro.
Leia mais
83 anos de vida bastam pra você?
Primeira amostragem da calculadora “Rumo aos 100”, com mais de 3 mil participantes, revela expectativa de vida média de 83 anos.
Leia mais

Icatu Seguros lança Guia para ajudar os beneficiários nos momentos mais difíceis.
Lidar com a morte ou invalidez de uma pessoa querida não é nada fácil. Ciente disso, a Icatu Seguros organizou o “Guia Próximos Passos”.
 

Você já investiu em renda variável?

Sim, mas com objetivo de retorno no longo prazo.

Opero quase todo dia na Bolsa pelo home broker.

Ainda não criei coragem, mas pretendo começar um dia..

Não é para mim... Detesto correr riscos!

Já ouvi falar, mas não sei bem o que é...



 
 
Fale conosco
relacionamento@icatuseguros.com.br 4002 0040 - capitais e regiões metropolitanas
http://www.icatuseguros.com.br 0800 285 3000 demais localidades

© Icatu Seguros | Todos os direitos reservados.

As informações e análises contidas nesta publicação têm propósito informativo. Não são, portanto, recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza. A Icatu Seguros não se responsabiliza por nenhuma decisão tomada com base nas informações contidas neste informativo.